A lenda do Lobisomem

Postado por Camilo Aparecido | Postado em As Lendas , Contos e Histórias | Postado dia 21-07-2008

14

A lenda do Lobisomem


Um lobisomem é metade lobo e metade gente. É o primeiro de uma família de sete filhos. Normalmente é magro e amarelo. Nas noites de lua cheia, de preferência nas sextas-feiras, transforma-se em lobisomem e ataca toda a gente ou bicho em busca de sangue. Antes do amanhecer, procura sempre um cemitério, onde se transforma de novo em homem. Num povoado à beira do rio, vivia uma família de sete filhos. O mais novo era fraquinho e amarelado, com aquela cor de lobisomem.
Toda a gente dizia que ele era um. O pobre moço fingia não ouvir aquela fofoquice. Afinal, mesmo que fosse um, não tinha culpa. A natureza tinha-o feito assim. Um dia, pescando no rio, viu uma bela moça lavando roupa. Não deu muita importância, pois achava que não tinha muitas hipóteses com as mulheres.
De repente, uma trouxa de roupa da moça caiu na água. O rapaz, todo heróico atirou-se e salvou a trouxa da correnteza. Ela, agradecida, pediu que ele fosse até sua casa, onde a mãe lhe daria roupas secas e um chá quente para não se constipar. O moço acabou aceitando o convite. Acabaram se apaixonando e começaram a namorar. Os rumores na cidade aumentaram e todas as pessoas perguntavam para a menina se ela tinha a certeza que o namorado não era um lobisomem. Ela começou a ficar desconfiada, mas gostava tanto dele que não podia nem queria a acreditar.

Um dia, sexta-feira à meia-noite, a mocinha sentou-se no jardim de sua casa, apreciando a lua cheia. O namorado tinha ido para casa cedo, com a desculpa de uma dor de cabeça. Estava lá, sonhando com o seu amado, quando um bicho horroroso, que mais parecia um cão enorme, pulou na sua frente. A coisa horrorosa atacou a moça, mordendo o seu braço. A moça gritava como louca e conseguiu fugir para casa não tendo dormido nada naquela noite onde quase morreu de susto.
No dia seguinte, bem cedo, foi ver o namorado e contar a história, aos prantos. O rapaz sorriu, achando tudo palermice. No entanto, este entre os seus dentes tinha um fio vermelho do tecido da blusa da sua amada. Esta apavorada, viu que o seu namorado era mesmo um lobisomem. Não teve medo naquele momento, porque não era noite e já era Sábado. Decidiu que, por amor, salvaria o seu querido da maldição. Perguntou a toda a gente o que fazer. Ninguém sabia. Ouviu falar de um homem que morava na mata, bem longe da cidade, e que poderia ajudá-la. Um velhinho negro com cabelos brancos era a sua última esperança. Este disse para ela não se preocupar e que se tivesse amor pelo rapaz e coragem para ir sozinha a um cemitério de noite e tudo estaria resolvido.
Para isso precisava espetar um espinho de laranjeira que tivesse sido plantada à meia-noite de uma sexta-feira com lua cheia. Para sorte da moça, o preto velho tinha o hábito de plantar laranjeiras à meia-noite de sextas-feiras de lua cheia. Era meio caminho andado.
A moça foi confiante para o cemitério. Tremia de medo enquanto um vulto apareceu atrás de um túmulo, era ele. Quando se ia transformar, zum, ela pulou em cima do bicho fincando o espinho nas suas costas. O monstro peludo deu um grito horripilante e transformou-se no namorado da moça. Estava salvo do encantamento. Casaram e, graças a Deus, tiveram só cinco filhos, todos fortes e bem corados. Existem pessoas que não acreditam, mas se forem à meia-noite numa sexta-feira ao cemitério quem sabe se não serão confrontadas com um lobisomem?

Ranking de Blogs

Comentários (14)

  1. Renata disse, renata salva essa lenda e vai na lan hause e imprimi pra leva para a professora kátia ver pra gente contar lá na sala ta beijokas até manhã...
  2. ingrid disse, reh salva essa lenda e vai na lan hause e imprimi para levar para a professora kátia ver pra gente contar lá na sala ta beijokas até manhã beijokass..
  3. Renan disse, essa lenda é d+
  4. lucas disse, eu achei muito legal essa historia. vou imprimir amanha depois da escola .xxaauuuu BEIJOS..."!"
  5. andreza disse, essa laenda é chata
  6. dieguim disse, aFF, e legal + ta muito ezagerada essa lenda surgiu na inglaterra, nas guerras para assustar os guerrilheiros assim todos ficavao com medo e acreditavao na lenda. Essa lenda foi criada entre os seculos IX e X pelos colonizadores e guerrilheiros da epoca medieval.
  7. mayonara disse, Isso nao existe
  8. gabrielle disse, Esses que falaram mal da lenda não tem mais o que fazer mesmo!Eu achei muito legal!
  9. amanda disse, muito legalllllllllll
  10. Carolina disse, Particularmente eu gostei muito ! Esse povo kee não tem o kee comentar (Aff's ) e fica falando kee não gostou ..!
  11. ines disse, eu sou de argentina e estou estudando no profesorado da lingua portuguesa, a professora que e nativa deixo livros sobre as lendas do brasil,que são verdaderamente fantasticas
  12. Naty disse, Eu achei essa lenda muito boa , acredito que as pessoas que comentaram mal da lenda , não devem saber oque é cultura ,porém cada um tem sua opnião . Agradeço pelo site ele é muito bom :D
  13. Nath disse, EU achei a historia encantadora , porém um pouco exagerada , mas não creio que seja verdade a lenda , pois não existem LOBISOMENS !!! -.-'
  14. Bianca Lara disse, eu achei muito legal essa lenda mas lobisomens ñ existe se liga quem fez a lenda

Comentar