Cananéia (SP) pode ser o municipío mais antigo do Brasil

Postado por Camilo Aparecido | Postado em As Curiosidades do Vale do Ribeira, As Lendas , Contos e Histórias, Cultura, Você sabia | Postado dia 15-03-2011

2

De Album com 483 Fotos do Vale do Ribeira

Diz a história, que Cananéia foi fundada em 12 de agosto de 1531 por Martim Afonso de Souza, também diz que São Vicente, que hoje é a primeira cidade oficial do Brasil, foi fundada por Martim Afonso de Souza em 22 de Janeiro de 1532. Mas, de acordo com Acadêmicos, Pesquisadores, Historiadores, e farta documentação encontrados em Universidades, Institutos Históricos , Arquivos do Estado e principalmente no Arquivo Nacional do Museu dos Descobrimentos ou Museu da Torre do Tombo em Portugal, e como mostra o Diário da Navegação da Armada escrito por Pêro Lopes de Souza irmão de Martim Afonso de Souza, a historia é bem outra.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

No Museu do Tombo em Portugal existe uma laje em mármore, com um mapa da costa brasileira que indica Porto Seguro 1500, Cananéia 1502 e Bacia do Prata 1514,consideradas as datas mais importantes para os portugueses. Antes da expedição de Martim Afonso a Cananéia em 1531, por aqui passaram á expedição de Gonçalo Coelho e Américo Vespuccio em 1502 ( trazendo com eles o Bacharel Mestre Cosme Fernandes e o deixando em Cananéia como degredado ), a de João Dias de Solis em 1512 (Português), a de Dom Nuno Manoel (Português) em 1514, Cristóvão Jacques (Aragonês a serviço de Portugal) em 1516, Dom Rodrigo Acuña ( Espanhol )1516, Sebastião Caboto (Espanhol ) 1526, Cristóvão Jacques em terceira expedição 1526, Diogo Garcia (Espanhol) em 1528 entre outros.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

Foto: Museu da Torre do Tombo em Portugal


No Diário de Navegação da Armada , Pêro Lopes diz que quando aqui
chegaram,encontraram o dito Bacharel de Cananéia , Francisco de Chaves, mais seis europeus vivendo em família, duzentos mestiços e mais de mil e quinhentos índios.
Alega também em seu Diário, estar o Bacharel a mais de trinta anos no
Brasil ( isso em 1531). Já Diogo Garcia em documento enviado à Corte Espanhola diz estar o Bacharel em Cananéia há mais de trinta anos , isso em 1528. Teria a chegada do Bacharel sido anterior à descoberta do Brasil? Alguns historiadores acham que sim.Jaime Cortesão em Obras Completas Livro III “Os Descobrimentos Portugueses”, diz que Bartolomeu Dias, trouxe o Bacharel em sua exploração da Costa da África para transpor o Cabo das Tormentas.Pesquisando as correntes Marítimas, podiam em conseqüência , ter chegado a Cananéia ou ponto próximo da costa do Brasil em fins de 1498 ou começo do ano seguinte.

De Album com 483 Fotos do Vale do Ribeira

 

Outro fato reforça a possibilidade duma viagem de Bartolomeu Dias ,em 1498, desde a Ilha de São Tomé às costas brasileiras, é que Dom Duarte Pacheco Pereira teve encargo semelhante, como ele próprio escreveu no capitulo II do Livro I do Esmeraldo de Situ Orbis. (Duarte Pacheco liderou o Tratado de Tordesilhas para Portugal e publicada com esse nome em 1505 as navegações feitas por ele a mando do El Rei de Portugal). Luciano Pereira da Silva , no seu estudo “Duarte Pacheco Pereira , precursor de Cabral” publicado no primeiro volume da Historia da Colonização Portuguesa do Brasil escreve - “O que ele sabia e tinha visto é que, além do Grande Mar Oceano, se encontra uma costa que se estende desde 70 .º ao Norte até 28,5 ao Sul e isto sabe ele por experiência própria e informações alheias; / Quando ele diz que tem visto, refere-se a uma experiência pessoal e intercala a seguir como e quando se realizou essa experiência , ou seja em 1498 e por ordem do Rei.”

Conclui Jaime Cortesão que Dom Duarte visitou o trecho compreendido entre a embocadura do Maranhão e o delta amazônico, isto é, precisamente a região por onde devia passar a linha de Tordesilhas que demarcava a soberania entre Portugal e a Espanha.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira


Mas o meridiano que cortava o Brasil supõe dois termos a Quo. A sua
realização exigia a operação dupla, e necessariamente em duas viagens, de limitar a soberania portuguesa, quer ao Norte, quer ao Sul. Ora, Cananéia está precisamente na região por onde passava o meridiano de Tordesilhas, no sul das costas brasileiras.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira


Estas razões levam a crer que o Bacharel, saído nos fins do século XV de
São Tomé, fosse levado em Caravela de Bartolomeu Dias, que largou daquela Ilha em Dezembro (1498); e que o capitão do navio em viagens de exploração para transpor o Cabo das Tormentas, sendo ele um dos raros navegadores portugueses que podiam rivalizar em ciências náuticas com Dom Duarte Pacheco, empreende em fins de 1498 e o início do ano seguinte uma viagem de reconhecimento Tordesilhano nas regiões austrais do Brasil, onde o Bacharel como degredado teria sido deixado como um padrão vivo da soberania portuguesa.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

 

Historiadores como Francisco Adolfo de Varnhagem e Manoel E. de Azevedo Marques alegam que o Bacharel de Cananéia foi deixado em 24 de janeiro de 1502 pela expedição exploratória de Gaspar de Lemos e o cartógrafo Américo Vespúcio , á costa sul do Brasil. E que dando topônimos a baias, cabos e enseadas, deram o nome de Barra do Rio Cananor à Baia de Cananéia. (Estudos recentes dão como certo a expedição ser comandada por Gonçalo Coelho e a Barra de Cananéia por lembrar a localidade de Cananor perto de Calicúte, na Índia, onde os portugueses fundaram uma feitoria).

Polêmicas à parte é que 1499 ou 1502 não mudaria o fato de Cananéia ser o

povoado mais antigo do Brasil.

 

Fontes :

http://historia.cananeia.net/ 

http://www.cidadeilustre.blogspot.com/ 

Prefeitura de Cananéia adquiri Máquina Niveladora

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 18-02-2011

0

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

A Prefeitura de Cananéia, através de convênio assinado com aSecretaria Estadual da Economia e Planejamento, adquiriu nessa últimasegunda-feira, dia 14 de Fevereiro, uma máquina niveladora.

 Foraminvestidos R$400.000,00 para garantir melhorias e manutenção nas ruas. A novaMotoniveladora irá acelerar os serviços doDepartamento de Obras e Serviços Gerais na recuperação das estradas da zonarural e promover melhorias de tráfego nas vias não pavimentadas da zona urbana.

 O diretor municipal de Obras e Serviços, MisaelPereira da Silva, relatou que o equipamento chegou em boa hora. Segundo ele, otempo chuvoso está dificultando a ação da equipe da pasta que ele coordena. “Aschuvas torrenciais que estão atingindo a nossa região danificam o conjunto devias rurais e as ruas da cidade. Pedimos paciência à população, pois com essetempo os serviços de manutenção das vias será mais lento e com mais cautela”.

 

Por Bárbara de Aquino

Associação Rede Cananéia realizará Feira de Economia Solidária

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Artesanato do Vale do Ribeira | Postado dia 10-02-2011

0

Em parceria com o Mercado Paulista Solidário evento acontecerá nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro
A primeira Feira de Economia Solidária a ser realizada pela Associação Rede Cananéia acontecerá durante os dias 11, 12 e 13 de fevereiro de 2011, das 9h00 às 22h00, na Praça do Rocio, em Cananéia, local onde já é realizada aos sábados a feira da agricultura familiar.


O objetivo do evento é divulgar e comercializar produtos e serviços dos grupos associados à Associação Rede Cananéia que foram atendidos durante o ano de 2010 pelo Projeto “Rede de Empreendedorismo, Conservação e Sustentabilidade de Iniciativas Comunitárias”.


Além destes grupos estarão presentes também artesãos e produtores do Mercado Paulista Solidário, coletivo que reúne representantes de diferentes municípios do Vale do Ribeira e percorrem a região e outras localidades em feiras itinerantes.


Produtos variados poderão ser encontrados nos estandes da feira, entre eles, artesanatos produzidos com fibras naturais, como a taboa e a fibra de bananeira, outros com sementes típicas da região, além da produção em tecidos, madeira e cerâmica. Também será possível encontrar sabonetes artesanais fitoterápicos e alimentos de produtores rurais e caiçaras, como pão caseiro, mel, sucos naturais, geléias, ostras, farofa e vinagrete de vongole, entre outros.


O visitante poderá ainda assistir às apresentações culturais de fandango caiçara, capoeira e maculelê realizadas por grupos artísticos da Associação Rede Cananéia.


Estarão presentes no evento representantes do Fórum Regional de Economia Solidária do Vale do Ribeira para uma reunião de planejamento das ações deste grupo para o ano de 2011. O encontro deverá acontecer às 14h do dia 11, no estande da Associação Rede Cananéia.


Já a Prefeitura Municipal da Estância de Cananéia estará presente no evento com o estande “Educação Patrimonial”. Segundo João Carlos de Almeida Borges, consultor do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural de Cananéia, o objetivo desta ação será divulgar junto à sociedade o projeto de revitalização e restauro do centro histórico do município para que, a partir da conscientização e participação da comunidade, Cananéia possa ser incluída no circuito de cidades históricas.

Por Rosa Mandetta

Prefeitura de Cananéia recebe novo carro para a Vigilância Epidemiológica

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 09-02-2011

0

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

 

  
O prefeito de Cananéia, Adriano Cesar Dias, recebeu ontem, dia 08 de fevereiro, as chaves do novo carro que será utilizado pela Vigilância Epidemiológica do Departamento Municipal de Saúde.O novo Fiat Uno deve ser colocado em uso em breve, assim que for licenciado e receber a identificação visual como veículo oficial.
 
O veículo foi adquirido com verbas do Fundo Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde, que são recursos federais encaminhados mensalmente ao Departamento de Saúde e Vigilância Epidemiológica.
 
Segundo o coordenador da Vigilância, Valter Tadeu de Souza Sales Junior, o novo carro tem grande importância junto ao Departamento, pois será utilizado para visitas e vistorias em estabelecimentos comerciais, principalmente, para chegar até os bairros mais afastados e os considerados rurais. O carro também auxiliará na campanha contra o mosquito da Dengue.
 
Vale ressaltar que o Departamento passa por uma grande reestruturação, tanto física como técnica, e inicia seus trabalhos de campo em breve.

 

Por Bárbara de Aquino

‘Fiscal das praias’ repórter Márcio Canuto faz primeira parada em Cananeia

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Sem categoria | Postado dia 24-01-2011

0

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

SPTV volta ao litoral paulista para cobrar promessas de prefeitos.


Cidade no extremo Sul de SP recebe cerca de 30 mil turistas no verão.

 

 

Cananeia, no extremo sul do litoral paulista, é tombada pela Unesco como patrimônio natural da humanidade. A cidade tem pouco mais de 13 mil habitantes, mas no mês de dezembro, até depois do carnaval, o número de turistas passa de 30 mil. Eles também se hospedam nas vizinhas ilhas Comprida e do Cardoso. A cidade é a primeira parada do quadro "Fiscal das praias", do SPTV, com o repórter Márcio Canuto.

Na cidade, a igrejinha lembra os tempos da colonização portuguesa. Aliás, Cananeia reivindica o título de primeiro povoado do Brasil. Teria sido fundada em 1502, antes de São Vicente, oficialmente a primeira cidade do país.

Apesar de ficar à beira mar, os moradores de Cananeia não costumam ir à praia. A principal atração do continente é a cachoeira do Pitú. O difícil é chegar lá, pela falta de sinalização. A única forma de descobrir o caminho é perguntando.

Para preservar o local, o dono da cachoeira cobra R$ 3 por visitante. Algumas placas têm ordens explícitas como uma curiosa que avisa: “Proibido fazer macumba por aqui”. Quem fizer, paga multa.

Transporte

Uma coisa bem particular em Cananeia é que não existe transporte público municipal (ônibus). Para o deslocamento o pessoal usa o carro, anda a pé ou usa a bicicleta, aproveitando que a cidade é pequena e é plana.

Os moradores costumam usar o barco do Dersa que liga o continente às ilhas. Só que tem um problema: o preço da passagem. Para o morador custa R$ 5. Para o turista custa dez vezes mais: R$ 53. O motivo, segundo Giancarlo Demartis, coordenador técnico de operações do Dersa, é a preocupação e a responsabilidade com os moradores tradicionais das ilhas. “Temos que salvaguardar que esses moradores tragam para a cidade seus produtos. Nossa lancha tem capacidade para 200 passageiros. É exatamente para atender essa demanda social.”
 

Fonte : Site G1

Parque Estadual Ilha do Cardoso inaugura melhorias para os visitantes

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Meio Ambiente, Turismo | Postado dia 29-12-2010

0


O Projeto Ecoturismo da Mata Atlântica finaliza a primeira grande reforma na estrutura do Núcleo Perequê.

 

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira


A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a Fundação Florestal inauguraram nessa terça-feira (dia 28), a primeira parte da reforma nas instalações do Núcleo Perequê do Parque Estadual Ilha do Cardoso, no município de Cananéia, em São Paulo. A reforma faz parte do Projeto Ecoturismo na Mata Atlântica, onde foram finalizadas as obras do novo Centro de Convivência, local para se realizar oficinas, paletras, encontros e exposições, e do Mirante, com vista para toda a instalação, Rio Perequê e Baía dos Golfinhos.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira


A solenidade contou com a presença do Secretário Estadual de Meio Ambiente Pedro Ubiratan Escorel de Azevedo, do diretor presidente da Fundação Florestal José Amaral Wagner Neto, do prefeito de Cananéia Adriano Cesar Dias, da vice prefeita Maria Rita Basso, do gestor do Parque Estadual Thiago Borges Conforti, da gerente do Projeto Ecoturismo na Mata Atlântica Anna Carolina Lobo, e do Coronel da Polícia Militar Milton Sussumu Nomura.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira


“Para nós de Cananéia é uma satisfação muito grande a finalização dessas obras em um dos nossos principais atrativos turísticos. Atender melhor e com qualidade o turista está nas metas da nossa gestão e sabemos que podemos contar com o Estado para isso. Agradeço muito ao secretário Ubiratan e a todos que participaram da a realização desse Projeto”, relatou o Prefeito Adriano Dias.

 

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

 


Estruturar e promover serviços e atividades de lazer para a visitação pública no Parque Estadual, incrementando seu potencial de atração para diferentes públicos são ações prioritárias do Projeto. Portanto ainda estão em execução obras nos alojamentos e pequenas pousadas, totalizando em aproximadamente 120 leitos. O centro de exposição, auditório, refeitório e banheiros já estão sendo reformados. Existe também a criação de uma trilha suspensa sobre o mangue, possibilitando passeios sem a degradação do meio.

De Fotos Blog Curiosidades do Vale do Ribeira

O Projeto Ecoturismo na Mata Atlântica é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e de uma parceria proposta com o BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento. A execução estará a cargo do Instituto Florestal e da Fundação Florestal, entre outros órgãos da Secretaria. O Projeto visa aprimorar a visitação pública em seis unidades de conservação da Mata Atlântica e de consolidar o turismo sustentável como forma de desenvolvimento socioeconômico regional, aliado à estratégia de conservação da natureza.


Por Bárbara de Aquino
Mtb 54426
Depto. Comunicação / Prefeitura Municipal de Cananéia
(13) 3851-5100
(11) 8155-8801

imprensacananeia@gmail.com
comunicacao@cananeia.sp.gov.br

Ajude o Abrigo de Idosos de Cananéia-SP

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 06-11-2010

0

"Seja a mudança que você quer no mundo". -Mahatma Ghandi-


Passamos tanto tempo complicando a vida, que nos esquecemos de como é fácil simplificá-la.


Abandone aquilo que não faz sentido, não faz diferença e não faz falta. É preciso coragem, disposição, humildade e muita força de vontade para doar as coisas. Nós nos apegamos demais. O apego não faz bem a vida. A verdadeira riqueza consiste em aprender a ter, sem possuir. Comece limpando as gavetas, separando no guarda roupa, as roupas que não tem usado nos últimos meses, isto ajuda organizar idéias e a própria vida.


Se acumulares objetos não terás lugar para que novas coisas cheguem. É preciso espaço para a prosperidade.
E você que já doou, queremos agradecer. Obrigada por estender suas mãos para doar.
 
Obrigada Senhor pela beleza de poder amenizar dores, sofrimentos e resgatar diginidades em pacientes Paliativos carentes e idosos.
 
O Bazar da Pechincha será realizado no dia 14 de dezembro (domingo) de 2010, no CCI a partir das 15 hs e precisamos de peças.


O Bingo será dia 11 de dezembro de 2010 e precisamos de prendas para a CARTELA ESPECIAL.

 

Para doações ou informações


Ruth - (013)9797-3825
Bete - (013)9784-6418
Abrigo dos Idosos - (013)3851-1584


Fonte : Rosa Mandetta

Concurso público em Cananéia-SP

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 25-07-2010

0

A Prefeitura de Cananéia está com inscrições abertas até o dia 1 de Agosto de 2010 para preencher 52 vagas para diversos níveis de escolaridade.

A taxa de inscrição é de R$ 20,00 para nível fundamental, R$ 35,00 para nível médio e R$ 50,00 para nível superior. A prova objetiva será no dia 29 de agosto de 2010 às 09h00 em locais a serem divulgados.

As informações sobre o presente Concurso, durante o processo, serão prestadas pela ÁPICE CONCURSOS PÚBLICOS, pelo telefone (0xx18) 3621-9114/3621-9115, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00, ou obtidas na internet, no site www.apiceconcursos.com.br ou www.cananeia.sp.gov.br

Link para edital completo: http://www.apiceconcursos.com.br/anexos/Cananeia/C0012010/DOC01.PDF

Fonte: Bárbara de Aquino – Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Cananéia

Fonte : Site Diario de Iguape

Carnaval em Cananéia-SP

Postado por Camilo Aparecido | Postado em As Festas e Exposições | Postado dia 12-02-2010

0

Prefeitura de Cananéia e Programa Luz Para Todos inaugurarão eletrificação na Comunidade Mandira

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Projetos no Vale do Ribeira | Postado dia 18-12-2009

0

Poder assistir o futebol, a novela num televisor ou mesmo beber um suco ou água gelados por uma geladeira era um sonho que muitos moradores do bairro rural Mandira em Cananéia. A Prefeitura, através do Programa Luz para Todos do Governo Federal, está em processo de finalização da eletrificação do bairro rural Mandira e já começam a organização dos festejos de inauguração.

Durante uma reunião na última sexta-feria, 11, com Cláudio Roberto de Oliveira – agente regional do Programa Luz para Todos -, o prefeito Adriano Cesar Dias pode questionar sobre a finalização desta 1º etapa e sobre novos projetos para a eletrificação de mais bairros rurais do município.

“No município existem algumas localidades que ainda falta ser implantada a energia elétrica. Contudo, com a inauguração dessa 1ª etapa, existe o incentivo de começar um novo cadastramento visando a eletrificação do bairro Taquari”, comentou o prefeito.

A concretização desse projeto, segundo o prefeito Adriano Cesar Dias, “é um antigo sonho dos moradores da zona rural que ainda não usufruiam desse tão importante benefício, que só melhora a qualidade de vida das pessoas”. O projeto esteve paralizado durante um bom tempo e, com o empenho dessa nova gestão, pode ser finalizado.

Fonte Site Diario de Iguape

Prefeito Adriano Dias busca novos rumos para o turismo de Cananéia

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 15-12-2009

0

O Prefeito Adriano Cesar Dias esteve no último dia 02 de dezembro com o Prefeito de Santos, João Paulo Papa (PMDB), em busca de parcerias para o turismo do município de Cananéia. O prefeito Adriano expôs a atual situação do município e seu desejo de inserir Cananéia nos grandes roteiros turísticos de agências e operadoras e, num futuro próximo, na rota dos transatlânticos.
 

foto: Tadeu Nascimento

 
Esteve também com vice-prefeito de Santos Carlos Teixeira Filho (PSDB), onde pode conhecer um pouco mais sobre as temporadas de cruzeiros no porto de Santos. “É um projeto para 2011, mas minha idéia é fazer com que Cananéia seja um ponto de parada dos transatlânticos, para que os turistas possam conhecer a cidade”, comentou o prefeito Adriano.

 

Fonte: Redação A Tribuna.

Fonte Diario de Iguape

Cananeia-SP pretende entrar no roteiro dos Cruzeiros

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 03-12-2009

0

De A Tribuna On-line

Colocar Cananeia entre os grandes roteiros turísticos e, quem sabe, na rota dos transatlânticos. Movido por esta ambição, o prefeito Adriano Cesar Dias (PSDB) esteve nesta quarta-feira em Santos na busca por parcerias capazes de alavancar o turismo em seu município.

Do vice-prefeito de Santos e colega de partido Carlos Teixeira Filho, conheceu detalhes da temporada de cruzeiros no porto santista. Depois, esteve também com o prefeito, João Paulo Tavares Papa (PMDB).

À tarde, em visita a A Tribuna, Dias explicou que Cananeia já dispõe de infraestrutura voltada ao turista, mas ainda carece de um esquema para divulgação que inclua operadoras e agências de viagem. “É um projeto para 2011, mas minha ideia é fazer com que Cananeia seja um ponto de parada dos transatlânticos, para que os turistas possam conhecer a cidade”.

 

Venha participar da I Semana Cultural do Ariri

Postado por Camilo Aparecido | Postado em As Festas e Exposições, Cultura | Postado dia 28-11-2009

0

Semana Cultural
Prof. Péricles Eugênio da Silva Ramos

O distrito Ariri, em Cananéia, realiza entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro de 2009, a Semana Cultural Professor Péricles Eugênio da Silva Ramos. O evento visa valorizar a cultura tradicional de Cananéia e Vale do Ribeira, em especial a do Ariri, homenageando o grande poeta e professor Péricles Eugênio da Silva Ramos.

A programação está recheada de apresentações e exposições sobre a cultura caiçara, poesias, o Fandango (música e composição popular tradicional), fotografias e artesanato local. Por estar localizada em um das maiores riquezas de Mata Atlântica ainda existente no litoral sul brasileiro, podendo ser observadas espécies endêmicas como o mico-leão-da-cara-preta, a Semana Cultural também contará com apresentações de contos e “causos” sobre a Mata Atlântica.

O evento será dividido em 3 eixos temáticos: Vale do Ribeira e Restinga; Música e Composição (Fandango, cultura popular, prosas e versos) e Contos e “Causos” (moradores antigos contam um pouco de suas histórias e a do Ariri). No final, serão selecionados os melhores contos e poesias, transformando-os em uma narrativa musical, pelo poeta e escritor Júlio César da Costa, pesquisador sobre a cultura e dialetos dos povos do Vale do Ribeira.

Toda a Semana Cultural acontecerá dentro da Escola Estadual Prof. Péricles Eugênio da Silva Ramos, e algumas atividades no Centro Comunitário. A comunidade busca também a inserção deste projeto no calendário anual de eventos da cidade, para que se possa valorizar cada vez mais a cultura caiçara no município.

Programação:

30/11 (segunda-feira):

Abertura da Semana Cultural

Período da manhã e da tarde, presença dos alunos e professores e artistas convidados.

Poesia declamada

Poesia regional, Júlio César da Costa, sobre o Vale do Ribeira

Poesia de ex-aluno da Escola Péricles sobre o Vale do Ribeira (Válber Antônio do Rosário Coelho)

Narrativa: Poesia do poeta e escritor : Péricles Eugênio da Silva Ramos.

Música e Composição

Fandango, tradição dos versos e trovas, modas de viola, como eram criadas as composições, evidenciar também a fabricação dos instrumentos, questão referentes à madeira, a lua ,as afinações.

Artistas convidados:

Fandangueiros do Ariri (Família Alves)

Fandangueiros da Família Pereira

Composição de versos: Izildinha e Enedina Coelho

Contos e “Causos”

Seu José Coelho (história do Ariri), Querino Ermes Coelho

Seu Alberto Cordeiro( história sobre a abertura do Canal do Varadouro)

Seu Abraham Costa( histórias sobre a natureza, tatu, tamanduá, carangueijo) e Dona Maria Rosa (mutirões).

Roque Matheus, Sátiro Matheus, Luís Camilo( Varadoro), evidenciar as práticas de trabalho cooperativo, mutirões, a essência do trabalho que era o fandango, (tema aberto para os integrantes dos outros grupos).

Pauta dos professores e diretora da escola sobre a preservação da cultura, importância da Semana Cultural e atividades na escola, as melhores serão eleitas e classificadas, recebendo a premiação: primeiro, segundo e terceiro lugar de cada modalidade, das avaliações a serem aplicadas na escola.

Fechamento do dia com uma moda de viola.

De 30/11 a 04/12 - aplicação das atividades em sala de aula, durante o dia na escola Péricles. Comitiva diária no final da tarde, para correção e avaliação dos trabalhos dos alunos.

03/12 (quinta-feira):

- Seleção do melhores trabalhos pela comissão organizadora, para exposição do mural no dia seguinte .

- Á noite, Jantar cultural aos moradores convidados e artistas participantes junto a comissão organizadora.

- Logo após amostra de vídeos-documentários sobre a cultura caiçara, no centro comunitário(aberto ao público), em seguida apresentações do Grupo Cultural Batucajé, Fandango Família Alves (Fandangueiros do Ariri), Grupo de Batido, Fandango da Família Pereira e Família Neves do Marujá, Ilha do Cardoso.

04/12 (sexta-feira):

- Período da manhã, premiação dos melhores trabalhos, e exposição,

- Lanche aos alunos, e (café com mistura).

- Tarde livre.

Fonte :

Bárbara de Aquino
Mtb 54426
Depto. Comunicação / Prefeitura Municipal de Cananéia
(13) 3851-5100
(11) 8155-8801 (13)8136-0477
imprensacananeia@gmail.com
comunicacao@cananeia.sp.gov.br
 

Cananéia recebeu Oficina gratuita de Artesanato em Bambu

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 22-09-2009

0

No último dia 16, nas dependências do Centro Comunitário foi realizada a oficina gratuita de artesanato em bambu, do “Projeto da Multiplicação da Arte Caiçara do Bambu”, com a artesã Marli Yukiko Matsuo Nishidote.

A oficina aconteceu na tarde da última quarta-feira, onde a artesã trouxe para os cananeinses as técnicas utilizadas na produção de artefatos de bambu. Os alunos puderam aprender na prática e produzir os próprios artefatos de bambu. “Gostei muito da aula e vou querer na aprofundar nessas técnicas”, comentou a aluna Maria Juliana Pedro Rodrigues.

O Projeto da Multiplicação da Arte Caiçara do Bambu visa a transmissão do conhecimento das técnicas do artesanato do Bambu para os mais jovens, com o intuito de multiplicar e dar continuidade a esse saber caiçara.

Prefeitura sediou exposição de Artesanato em Macramé

O saguão da Prefeitura Municipal recebeu no último dia 16, quarta-feira, a exposição dos trabalhos de artesanato das ex-detentas da delegacia de Pariquera-Açú, que fazem parte do Projeto “Entre Nós” Macrame – Uma Arte da Senzala para os Caiçaras.

O projeto é da artesã Cleide de Morais Carneiro e teve como objetivo transmitir o saber do Macramé – técnica de tecer fios que não utiliza nenhum tipo de maquinário ou ferramenta. Utiliza somente as mãos – para essas mulheres, através de oficinas de capacitação. Assim elas produziram durante este ano os diversos trabalhos expostos e, com isso, darão continuidade a esse saber tradicional.

Fonte Site Diario de Iguape

Programação da 478ª Festa de aniversário de Cananéia

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 11-08-2009

0

 

Durante todo o evento também é comemorado o dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora dos Navegantes. A programação religiosa começa com Missa comemorativa na Igreja Matriz, às 19h30, seguido do primeiro tríduo em louvor a Nossa Senhora dos  Navegantes. No dia 15 haverá a Centenária Procissão pelo Mar.

Já a programação de shows terá início no mesmo dia, às 22 horas, com a Banda Vessoni e no dia 15 (sábado) show especial de Maurício Manieri. A comemoração também contará com eventos esportivos, entre eles o tradicional Concurso dos Barcos Enfeitados, Futebol com o time Sub-20 da Ponte Preta e a 1º Corrida de Kart de Cananéia.
 
Confira a programação completa da Festa de Cananéia:

12/08 – quarta feira
 
06:00 – Alvorada, com a Banda Municipal “João Gonçalves de Araújo“
 
08:00 – Abertura Oficial na Praça Martin Afonso
Apresentação especial da Banda Municipal “João Gonçalves de Araújo“
Solenidade da Câmara Municipal, no Centro Comunitário
 
15:00 – Futebol sub 20 – Seleção de Cananéia x Ponte Preta
Local: Estádio Municipal
 
19:30 – Missa comemorativa do Aniversário de Cananéia
1º tríduo em louvor a Nossa Senhora dos Navegantes e Coroação de Nossa Senhora
 
22:00 – Banda-show Vessoni
Local: Palco principal do centro de eventos
 
24:00 – Baile na Lona
** menores de 18 anos apenas com a Carteirinha do Conselho Tutelar.
 
 
 
13/08 – quinta feira
 
09:00 -  Natação
Local: Mar pequeno
 
13:00  -  Corrida pedestre
Local: Avenida Independência
 
14:30 – Corrida de bicicleta
Local: Avenida Independência
 
19:30 – 2º tríduo em louvor a Nossa Senhora dos Navegantes
 
22:00 – Banda Katinguelê
Local: Palco principal do centro de eventos
 
24:00 – Baile na Lona
** menores de 18 anos apenas com a Carteirinha do Conselho Tutelar.
 
 
 
14/08 – sexta feira
 
10:00 – Corrida de canoas -  duplas (colônia z9)
Corrida de canoas – trio (colônia z9)
Local: Mar pequeno
 
19:00 – Grupo de Fandango “Família Neves” (comunidade Marujá – Ilha do Cardoso)
Local: Palco principal do centro de eventos
 
19:30 – 3º tríduo em louvor a Nossa Senhora dos Navegantes
 
22:00 – Ala show  da Escola de Samba Camisa Verde e Branco  (mulatas e batucadas)
Local: Palco principal do centro de eventos
 
24:00 – Baile na Lona
** menores de 18 anos apenas com a Carteirinha do Conselho Tutelar.
 
 
15/08 – sábado
 
08:00 – 1º Corrida de Kart de Cananéia
Local: Av. Luiz Wilson Barbosa  (em frente ao antigo Hotel Glória)
 
08:00 – Torneio de bilhar
Local: Ginásio Mário Covas
 
10:00 – Missa solene em louvor a Nossa Senhora dos Navegantes
 
12:00 – Tradicional Concurso de Barcos Enfeitados
Local: Mar pequeno (píer da Avenida Beira Mar)
15:30 – Campeonato Regional de Futebol de Campo
Veteraníssimo Cananéia X Jacupiranga
Local: Estádio Municipal
 
16:00 – Centenária procissão com a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes pelo mar e em seguida pelas ruas da cidade.
 
20:00 – Show Pirotécnico após a procissão
 
21:00 – Show com Evandro e Eduardo
Local: Palco principal do centro de eventos
 
22:00 – Show com Mauricio Manieri
Local: Palco principal do centro de eventos
 
24:00 – Baile na Lona
** menores de 18 anos apenas com a Carteirinha do Conselho Tutelar.
 
 
16/08 – domingo
 
09:30 – Rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo (Chave A)
Local: Estádio Municipal
 
14:00 – Jogo de vôlei feminino
Cananéia X Cajati
Local: Ginásio Mário Covas
 
19:00 – Futsal feminino
Cananéia X Registro
Local: Ginásio Mário Covas
 
22:00 – Show com grupo de pagode Atitude 4
Local: Palco principal do centro de eventos
 
24:00 – Baile na Lona
** menores de 18 anos apenas com a Carteirinha do Conselho Tutelar.

Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Cananéia

Fonte site Diario de Iguape

 

Cananéia-SP inicia o Censo Cultural 2009

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Cultura | Postado dia 01-04-2009

0

Cananéia-SP inicia o Censo Cultural 2009

O cadastramento começa nesta quarta-feira (1) até o dia 15 de abril, no SETURC.

A Prefeitura Municipal da Estância de Cananéia-SP, reconhecendo a necessidade de conhecer e identificar mais profundamente o potencial cultural da cidade, inicia o Censo Cultural 2009. A iniciativa é do Departamento de Educação e Cultura, que realizará o levantamento das potencialidades culturais do município, mapeando os agentes, bens, empresas, instituições, objetos e manifestações de caráter artístico-culturais.

Pela primeira vez no município, o projeto vai gerar um mapeamento da produção cultural de Cananéia que servirá de base, tanto para orientar políticas públicas de cultura, como para ações que incentivem o apoio da iniciativa privada à produção cultural da cidade. A pesquisa identificará todos os artistas, grupos, empresas e projetos culturais existentes na cidade. O mapeamento vai servir como ferramenta para a realização de Exposições, Mostras, Festivais, Feiras na Cidade e o Guia Cultural de Cananéia.

Todas as pessoas que produzam, trabalhem, estudem ou promovam atividades de cunho artístico cultural no município, sejam eles amadores ou profissionais podem participar, por exemplo: artesãos, grupos folclóricos, músicos, escritores, escultores, fotógrafos, contadores de histórias, atores, cantores, dançarinos, desenhistas, capoeiristas, dentre outros. Futuramente, com os dados colhidos, será possível elaborar o Guia Cultural da cidade, que facilitará a promoção de eventos e atividades, além de oferecer visibilidade aos produtores e produtos culturais.

Para participar basta preencher o formulário geral na Secretaria de Esporte e Turismo (SETURC), na rua Tristão lobo, 78, Centro, até o dia 15 de Abril.

Fonte Site Diario de Iguape

A ilha dos tesouros

Postado por Camilo Aparecido | Postado em As Histórias das Cidades do Vale | Postado dia 31-03-2009

1

A ilha dos tesouros

 

Conta a lenda que em 1627 apareceu na vila de Iguape, no litoral sul de São Paulo, um velho marinheiro desertor. Ele trazia embrulhado em folhas de plantas uma boa quantidade de ouro. O marinheiro dizia que, perdida entre a floresta e os morros da ilha do Cardoso, 60 quilômetros ao sul de Iguape, havia uma lagoa tão cheia de ouro que até a mata possuía um brilho dourado. O ouro, jurava ele, era suficiente para cobrir as ruas da vila e bastava mergulhar as mãos nas águas da lagoa para trazê-las carregadas do metal. Centenas de pessoas tentaram, em vão, descobrir ouro na lagoa da ilha do Cardoso. Mas até hoje ela é conhecida como lagoa Dourada.

São outros, na verdade, os tesouros dessa ilha a UNESCO, organismo das Nações Unidas que trata de assuntos de ciência e cultura, a incluiu entre os lugares que devem ser preservados em caráter de urgência. De fato, a ilha é um dos últimos santuários ecológicos do mundo, criadouro de aves, camarões, ostras e peixes que, além de povoar todo o litoral sul do Brasil, alcançam o Rio Grande do Norte (a quase 4 mil quilômetros de distância), como ficou comprovado por pesquisas do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo. Desde 1962 transformada em Parque Estadual, a ilha do Cardoso está tecnicamente sob a proteção do governo.

Localizada na altura da divisa de São Paulo com o Paraná, quase 90 por cento dos seus 14 mil hectares (140 quilômetros quadrados) estão cobertos pela mata atlântica. Trata-se de uma verdadeira ilha dentro de outra, uma minúscula amostra do que foram as majestosas florestas litorâneas de antigamente. Separada do continente por um estreito canal de águas salobras, uma linha divisória natural entre o passado e o presente da costa brasileira, e defronte à ilha de Cananéia, é um valioso estoque natural de plantas e animais que sobreviveram às ações devastadoras da colonização.

Para os ecologistas, o enorme valor ambiental da ilha do Cardoso apóia-se num tripé paisagístico de primeira grandeza: mangue, restinga e mata atlântica. O Departamento Estadual de Recursos Naturais de São Paulo vem desenvolvendo desde 1985 na própria ilha, cursos abertos a escolas em geral com o objetivo de discutir a relação homem natureza. Para isso, existem ali laboratórios de Biologia e alojamento para estudantes e monitores na extremidade norte da ilha. O único povoado, a vila do Marujá, onde vive a grande maioria das noventa famílias de pescadores que constituem a população do Cardoso, fica no outro lado, entre a ilha propriamente dita e a restinga que avança no território paranaense. A característica principal de uma restinga é a de ganhar terreno do mar, estirar uma ponta de areia a partir de um ponto da costa, criando, a princípio, apenas um quebramar natural. Muitas vezes, no entanto, ela se prolonga, seguindo o remanso que criou, e se transforma numa comprida planície paralela à costa, como é o caso, por exemplo, da restinga da Marambaia, no Estado do Rio. Vários fatores contribuem para a formação de uma restinga, mas pelo menos três são fundamentais: a presença de mares rasos; a existência de uma corrente litorânea esbarrando numa ponta da costa; a abundância de areia em suspensão na água do mar e, naturalmente, muito tempo. Uma restinga como a da ilha do Cardoso leva, no mínimo, 7 mil anos para se formar.

A costa brasileira tem belos exemplos de restingas. As mais impressionantes pelo tamanho são as do Rio Grande do Sul, abrigando as lagoas dos Patos e Mirim. Na ilha do Cardoso, a restinga se estende por quase 40 quilômetros, formando um pequeno mundo de transição para os seres vivos instalados entre a praia e a mata. A vegetação das restingas é uma verdadeira salada mista criada pelo encontro das plantas colonizadoras da areia com aquelas que vivem nas planícies e serras litorâneas. Há uma interpenetração nesse encontro, mas ainda assim é possível encontrar uma certa ordem no aparecimento das espécies vegetais desde a praia até o interior.

As mais próximas da praia são as que melhor suportam a salinidade do ambiente. Além do contínuo borrifo da maresia, elas agüentam o próprio sal deixado pela maré alta ou trazido pela brisa depois que seca a areia da praia. Sol, calor, sal, areia e a constante evaporação de qualquer fonte de umidade não é de espantar que a paisagem de uma restinga se pareça, em alguns lugares, com as caatingas do sertão nordestino. São cactos, bromélias e capins uma vegetação que os índios chamavam de jundu. Ela forma uma zona de transição entre as plantas da beira da praia e a mata atlântica, quando o solo arenoso ganha uma camada de folhas secas, tornando-se mais rico em matéria orgânica e permitindo o desenvolvimento de plantas num ambiente úmido e sombreado.

Distantes da praia, as árvores alcançam alturas de 20 ou 30 metros. Ali, samambaias gigantes e uma enorme quantidade de cipós já denunciam a presença da mata atlântica. As espécies mais resistentes, como a quaresmeira (gênero Tibouchina), que após uma queimada é das primeiras a fazer o reflorestamento natural, podem chegar a poucos metros do mar. A mata atlântica recobre não apenas todo o interior da ilha como até o topo dos morros (o mais alto mede 800 - metros), constantemente envoltos em neblina. De dentro dessa massa vegetal surgem pequenos riachos de água doce que correm para o mar. Nos canais tranqüilos do manguezal, a água doce que desceu das montanhas mistura-se e lentamente com o sal trazido pelas marés. O resultado é uma água salobra, uma espécie de sopa turva e morna enriquecida por argilas e restos de vegetais decompostos.

O mangue é considerado pelos biólogos marinhos como uma incubadeira natural para inúmeras espécies de peixes que, depois de acrescidos, vão para o alto - mar. Tainhas, robalos, camarões e caranguejos começam suas vidas como minúsculos habitantes do mangue. Boa parte do consumo de frutos do mar no país depende, portanto, da preservação dos manguezais. que já vão se tornando escassos ao longo do litoral brasileiro.

Antigamente eles pontilhavam o litoral, do Amapá até o sul de Santa Catarina. Mas foram sistematicamente destruídos por aterros e derrubadas, a pretexto de obras de saneamento. Afinal, o mangue sempre teve fama de lugar insalubre, foco de doenças malignas transmitidas pelos mosquitos abundantes que se desenvolvem nas poças de água. Só recentemente houve uma conscientização da importância desse ecossistema. Mas os aterros e derrubadas continuam, agora por outros motivos abertura de loteamentos e corte de madeira para carvão.

Se isso continuar, muitas conseqüências desagradáveis irão castigar os moradores dessas regiões. A pior delas poderá ser uma deformação rápida e descontrolada dos terrenos adjacentes aos manguezais destruídos, resultante da derrubada dos quebramares naturais que são o emaranhado das raízes das árvores típicas do mangue. Na região da ilha do Cardoso, o mangue é ainda uma paisagem de inesperada harmonia no encontro da floresta com o mar. E isso talvez valha mais do que o ouro dos sonhos do velho marinheiro.

A Ilha do Cardoso, vem sendo preservada como santuário ecológico para abrigar animais e vegetação, que sobreviveram as ações devastadoras da colonização.

A ilha do Cardoso, no litoral sul de São Paulo, está sendo preservada para que centenas de espécies animais e vegetais possam sobreviver.

Fonte Roberto Muylaert Tinoco

Fonte http://super.abril.com.br/superarquivo/1988/conteudo_111375.shtml

 

Crianças indígenas de Cananéia preparam-se para Conferência Nacional

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 27-03-2009

0

Crianças indígenas de Cananéia preparam-se para Conferência Nacional

Desde o começo do mês passado, as crianças indígenas da região de Cananéia estão sendo preparadas para a I Conferência Nacional de Educação Indígena, a realizar-se em setembro, em Brasília. O município de Cananéia participou da Conferência Regional de Educação Escolar Indígena da região sul, entre os dias 27 de março e 1 de abril. Em pauta, foram discutidos os seguintes temas: educação e territorialidade, políticas pedagógicas da escola, ciência pedagógica e pedagogia indígena, participação e controle social: diretrizes para a educação escolar indígena.

No terceiro e último momento, haverá a Conferência Nacional, em Brasília, onde participarão 600 delegados eleitos na Conferência Regional, que vão discutir o que foi exposto nas etapas anteriores, escolhendo coletivamente as prioridades para melhorias da educação indígena. O produto final da conferência será um documento com deliberações para as políticas públicas de educação escolar indígena, consensuadas pelos delegados regionais.

Pais de crianças indígenas da região queixam-se pelo fato de atual educação priorizar a cultura branca, caracterizada especialmente pela conhecimento grafado em detrimento da cultura indígena, caracterizada pela transmissão oral.

Fonte Site Diario de Iguape

Pesca amadora será debatida por órgãos ambientais e sociedade

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Projetos no Vale do Ribeira | Postado dia 18-02-2009

0

Pesca amadora será debatida por órgãos ambientais e sociedade

Cananéia - O Projeto Mata Atlântica e Pesca, direcionado à região do lagamar entre Cananéia, Iguape e Ilha Comprida,  será lançado no próximo dia 19,  no Centro Comunitário, à Rua Francisco Parcelino Franco, s/nº, Porto Cubatão, em Cananéia. Em foco, o uso sustenstável dos recursos pesqueiros com vistas ao inclemento do turismo regional.

pesca-amadora

Fonte Site Diario de Iguape

Ensaios dos Blocos Carnavalescos de Cananéia agitam as noites da cidade

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 16-02-2009

0

Ensaios dos Blocos Carnavalescos de Cananéia agitam as noites da cidade

Cananéia - O Carnaval está chegando! Você já escolheu quais os Blocos Carnavalescos que quer desfilar este ano? Com menos de dez dias para o início do Carnaval, os Blocos de Cananéia estão a todo o vapor. Os ensaios acontecem durante todas as noites.

Para os mais de 40 mil turistas esperados para este ano, cada bloco oferece camisetas e abadas personalizados, que saem em torno de R$10 à R$20. Algumas já estão à venda e, durante todos os dias do Carnaval, postos de venda estarão espalhados pela cidade. Para os foliões mais animados, basta produzir a sua própria fantasia e embarcar na folia com os Blocos.

Confira a programação dos ensaios:

Bloco Caprichosos do Acaraú
Dias da Semana: Segunda, Quarta, Sexta
Horário: 20h30
Local: Sede da Associação dos Moradores do Acaraú
Final da Avenida Antonio Paulino de Almeida - Bairro Acaraú
Camisetas: ainda não definido

Bloco Unidos do Continente
Dias da semana: Terça, Quinta e Domingo
Horário: 20h00
Local: Avenida Miguel de Araújo – Bairro Porto Cubatão
Camisetas: Diretamente com a coordenadora Maria Lourdes e nos postos de venda do bairro. Valor R$10.

Bloco Afoxé Tiduca
Dias da Semana: Terça, Quinta e Sábado
Horário: 20h00
Local: Praça Theodolina Gomes – Centro
Camisetas: Venda durante os ensaios.
Valor: R$10

Bloco APOHC
Dias da semana: Todos
Horário: 20h00
Local: Praça Júlio Mesquita Filho - Bairro Rocio
Camisetas: Diretamente nos Hotéis participantes e no local de ensaio.
Valor: R$15

Bloco Acadêmicos do Rocio
Dias da semana: Todos
Horário: 20h00
Local: Praça Júlio Mesquita Filho - Bairro Rocio
Camisetas: durante os ensaios
Valor: R$10

Bloco Tidulina Sai do Fogo
Bloco de embalo, por isso não faz ensaios.
Cada folião pode montar sua fantasia ou adquirir uma camiseta.
Valor: R$20
Posto de venda: Rua Coronel Pedro Arbeus, 26 (Petiscaria Cananoá) e pontos de venda durante os dias de Carnaval.

Bloco Rafaello
Bloco de embalo, por isso não faz ensaios.
O tema do bloco será “Rafaello vai a escola”, por isso a maior parte das fantasias serão voltadas para este tema. Basta produzir sua fantasia e aproveitar a folia.

Bloco do Gato
O Bloco faz ensaios de bateria, porém sem datas definidas.
Quem quiser participar basta criar sua fantasia ou adquirir uma das camisetas a partir da próxima semana na Praça Martim Afonso – Centro.

Fonte: Bárbara de Aquino - Assessoria de Imprensa

Cananéia recebe a Expedição Chauás de Corridas de Aventura 2009

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Notícias do Vale do Ribeira | Postado dia 31-01-2009

0

Cananéia recebe a Expedição Chauás de Corridas de Aventura 2009

por Bárbara de Aquino

O município de Cananéia foi escolhido como ponto de encontro para largada do evento Expedição Chauás de Corridas de Aventura, que acontecerá entre os dias 6, 7 e 8 de fevereiro.

A prova terá dois percursos; um de 80 km elaborado para as equipes experientes demonstrarem sua performance e desafiarem seus limites e outro percurso de 45 km “Light” para equipes iniciantes. A etapa inicial da Expedição Chauás acontecerá toda na cidade e os organizadores Lucas Jerônimo e Francisco Perez (Fran) dizem que o percurso será uma novidade nas corridas de aventura.¨Nesta etapa as equipes estarão andando por três ilhas diferentes, Ilhas Cardoso, Comprida e Cananéia percorrendo grandes planícies localizadas entre o Mar Pequeno, alguns rios, mangues, matas de restinga e o mar. O percurso será praticamente todo plano sendo que teremos apenas uma elevação mínima na Ilha do Cardoso durante o Trekking. Já o mountain bike será todo plano, imaginou uma bike toda plana¨, relatou Lucas.

Além disso, Lucas explicou que a canoagem em ducks será um dos pontos principais da prova, apesar de ser em rio calmo, existe a influência das marés o que pode dificultar a progressão das equipes. A orientação é o grande diferencial nas provas da Chauás, formatada para navegadores experientes é sempre exigida em todas as modalidades.¨Nesta etapa o trecho mais difícil será durante a canoagem noturna, pois as equipes terão que remar por um emaranhado de rios dentro do mangue¨, alertou Fran.

Durante o percurso os atletas farão poucas mudanças de modalidades, tornando as etapas parciais bem longas e a prova com caráter de expedição.

As distâncias das modalidades serão:
39 km de Trekking
22 km de Mountain Bike
19 km de Canoagem
80 km Total

Já a prova Chauás Light de 45 km passará por trilhas e praias de fácil acesso sendo que todos os atletas passarão remando pela Baia dos Golfinhos.

Distâncias Chauás Light:
08 km de Canoagem (02 etapas)
15 km de Mountain Bike
22 km de Trekking (02 etapas)
45 km Total

Premiação – As três primeiras equipes das duplas mistas e duplas masculinas e os três primeiros atletas individuais receberão troféus e medalhas. Todos os atletas ao completarem o percurso, receberão medalhas de finisher e concorrerão a sorteio de brindes cedidos pela Vit Shop, EAS, Hammer, Solo.

A Expedição Chauás 2009 tem o apoio da Prefeitura Municipal de Cananéia, Prefeitura Municipal de Ilha Comprida, Parque Estadual Ilha do Cardoso, DER, Polícia Militar, Vit Shop, EAS, Hammer, Solo, Adventuremag, Associação Paulista de Corridas de Aventura eRanking Brasileiro de Corridas de Aventura.

Bárbara de Aquino - imprensacananeia@gmail.com

Fonte Site Diario de Iguape

 

Ilha do Cardoso, o paraíso ecológico no Vale do Ribeira

Postado por Camilo Aparecido | Postado em Turismo | Postado dia 10-01-2009

0

Ilha do Cardoso, o paraíso ecológico

botos

* Botos no Canal da Ararapira * foto: Rafael Xavier

Um Boto aparece em frente ao barco, mergulha, depois reaparece junto aos biguás e paratis, durante a travessia pela bahia de água salobra, rumo ao Parque Estadual Ilha do Cardoso (PEIC). São tantas as belezas naturais encontradas que não é de se estranhar o título de patrimônio natural da humanidade, recebido pela UNESCO, em 1992.

maria-farinha

Maria Farinha ou Guriçá, na praia do Marujá. foto: Bárbara de Aquino

A Ilha do Cardoso localiza-se no litoral sul de São Paulo, no município de Cananéia-SP no Vale do Ribeira , a 272 Km da cidade de São Paulo. Tem como ponto de referência o extremo sul da Ilha Comprida e a Ilha de Cananéia, das quais se separa pela Bahia de Trapandé. Abrange uma área de 22 mil hectares, onde são encontrados vários tipos de vegetação da Mata Atlântica, que proporcionam variedade extraordinária de ambientes e alta diversidade biológica. Além de mamíferos grandes, como baleias, mono-carvoeiros, bugios e, de menor porte, suçuaranas e veados-mateiro, num total de 86 espécies catalogadas pelo Instituto Florestal de São Paulo.

Apesar de localizada em pleno litoral de São Paulo, a ilha conseguiu manter-se preservada, visto que o acesso a ela não é tão fácil. De carro é preciso seguir pela Rodovia Régis Bittencourt (BR 116) até Cananéia. O acesso à Ilha é feito do porto, de onde partem escunas e voadeiras (pequenas lanchas), até as comunidades tradicionais.

A ilha é composta por seis comunidades tradicionais, sendo as mais desenvolvidas o centro de pesquisas Núcleo Perequê e a comunidade Marujá. Passeios podem ser agendados com os monitores ambientais, que dão verdadeiras aulas de conservação do meio ambiente. As famílias tradicionais que moram na ilha também buscam a preservação do meio, respeitando as regras do parque estadual e, de certa forma, monitorando os passeios também.

Principais roteiros:
- Focagem do Jacaré-de-papo-amarelo: passeio noturno de barco pelo estreito Rio Perequê ou na comunidade marujá para observar os jacarés-de-papo-amarelo. Trajeto feito pelos próprios moradores.
- Cachoeira Grande: saída da comunidade Marujá de barco, com monitoria. Vinte minutos de trilha em mata fechada.
- Piscinas Naturais: total de 24 Km de caminhada (ida e volta), visitando as praias do Marujá e praia de Laje. A trilha entre praia e piscina é de mata fechada, cerca de uma hora e meia.
- Poço das Antas: O seu ponto de partida é o Núcleo Perequê e o passeio tem um total de 8 km, onde está a sede do Parque.
- Núcleo de pesquisas Perequê: passeio a sede de pesquisas, com visita monitorada ao museu natural.
- Mangue: São cerca de duas horas caminhando pelo mangue, também com o monitor ambiental, observando a diversidade de flora e fauna.
Para mais informações acesse:  http://maruja.org.br

Reportagem

Bárbara de Aquino

Bárbara de Aquino

Fonte Site Diario de Iguape